Home  >>  Pauta do dia  >>  Incentivo a leitura nas escolas: Como isso pode contribuir com o futuro?

Pauta do dia

Incentivo a leitura nas escolas: Como isso pode contribuir com o futuro?

É recorrente as conversas entre amigos sobre como seus filhos compreendem o mundo digital. As crianças estão cada vez mais interessadas pelo conteúdo infantil que encontra-se disponível na internet. Até aí não há problema algum, contudo quanto mais se utiliza das tecnologias na infância, provavelmente menor será o espaço para a criança se dedicar a leitura e as consequências podem não ser aquelas esperadas, dado que nos espaços de competição e em provas ou concursos públicos o domínio da leitura e da escrita é primordial.

On novembro 1, 2016, Posted by , In Pauta do dia, With No Comments

É recorrente as conversas entre amigos sobre como seus filhos compreendem o mundo digital. As crianças estão cada vez mais interessadas pelo conteúdo infantil que encontra-se disponível na internet. Até aí não há problema algum, contudo quanto mais se utiliza das tecnologias na infância, provavelmente menor será o espaço para a criança se dedicar a leitura e as consequências podem não ser aquelas esperadas, dado que nos espaços de competição e em provas ou concursos públicos o domínio da leitura e da escrita é primordial. Na tentativa de atacar esse problema, algumas iniciativas que ocorrem pelo Brasil.

shutterstock_399233281

Não há problema em usar o tablet se em conjunto houver o incentivo à leitura
É importante ressaltar que não há preconceito com as interfaces digitais, contudo, muitos pais estão substituindo os livros físicos infantis pelas ferramentas com internet e utilizando dos canais de vídeo para distrair as crianças. Se os pais conseguirem inserir os livros físicos ou se os pais começarem a ler para seus filhos, melhor será o desenvolvimento infantil da criança, garantindo a interação com outras pessoas e maior facilidade de manter a criança atenta a outras atividades no futuro. A coordenadora de mobilização da Fundação Itaú Social afirma que “a leitura exige atenção e pode assustar quem tem certa dificuldade. Parar para sentar, ler, ter essa disponibilidade com o filho também é difícil muitas vezes em uma rotina mais atribulada. Muita gente tem dificuldade de ler ou não tem como comprar livros, por isso a importância dos projetos comunitários, de bibliotecas públicas e de programas que favoreçam o acesso ao livro”.

Projetos colaboram com um futuro que envolva a leitura
Na cidade de Porto Alegre do Norte, cerca de 980km de Cuiabá, educadoras se reuniram com o objetivo de incluir no cotidiano de seus alunos o hábito da leitura. A iniciativa consiste em uma pasta com kit contendo um livro, lápis de cor, lápis, borracha, apontador e uma ficha de leitura. Os alunos devem preencher a ficha sobre o que entendeu, fazer um desenho alusivo ao que mais gostou no título e pintar um ícone de avaliação (Smile). Entende-se a ação como desafiadora, frente o universo digital ao alcance das mãos dos alunos, contudo o ganho intangível que se alcança pelo hábito de ler é inexplicável. Sabendo da necessidade de se criar entre as crianças esse hábito da leitura e da escrita, educadores reforçam a importância dos pais no acompanhamento e no reforço diário. Sem dúvida, essas crianças, além de saberem manusear e se comunicar por meio das mídias digitais, saberão aproveitar o momento da leitura como um prazer e como uma estratégia de melhoria das suas competências em um futuro profissional.