Home  >>  Boas Práticas  >>  Saúde  >>  Campinas cria programa de apoio à vítimas de violência sexual e doméstica

Saúde

Campinas cria programa de apoio à vítimas de violência sexual e doméstica

O que é a prática?

Criação de uma rede de apoio a vítimas de violência sexual e doméstica.

Objetivo da boa prática:

Minimizar os agravos causados pela violência sexual, abuso, violência doméstica; romper com o ciclo de violência e possibilitar o acompanhamento de cada pessoa atendida por meio do processo de notificação compulsória. Entender que a violência doméstica vai além da política de segurança, significa que os serviços de atendimento prestados às vítimas visam, em primeiro lugar, o cuidado e o acolhimento da pessoa fragilizada pela situação de violência que sofreu.

Onde ocorreu?

Campinas/SP

Mais informações

O Iluminar Campinas é um programa de cuidados as vítimas de violência sexual urbana e doméstica do município de Campinas, atua com uma rede intersetorial e interinstitucional de serviços nas áreas de saúde, educação, assistência social, jurídica e de cidadania.

Funciona com duas redes de cuidados interligadas:A rede de cuidados indiretos formada pelas Escolas, Creches Municipais e emires (escola municipal de educação infantil), Serviços Municipais de Assistência Social, Guarda Municipal, Conselhos de Direitos da criança e Adolescentes, da Mulher, do Idoso, do Deficiente e os Conselhos Tutelares, ONGs que trabalham com mulheres, crianças e adolescentes, Instituto de Medicina Lega IMl, Delegacias da Mulher e de Polícia, Centro de Referencia e Apoio à mulher – CEAMO, Serviços de Assistência Jurídica e Psicológica da PUC Campinas e da Universidade Paulistana UNIP e Abrigo de Mulheres Sara eme,. 156 Serviço de atendimento telefônico aos munícipes.

O programa acolhe as vítimas, ouve a queixa, realiza o cuidado específico necessário, aciona a guarda municipal que conduz a vítima ao pronto socorro de referencia definido pelos fluxos de funcionamento da rede, notifica o caso no sistema de notificação de violência SISNOV, e ao Conselho Tutelar no caso de crianças e adolescentes e aciona a rede de cuidados diretos.

A rede de cuidados diretos é formada pelos Centros de Saúde, Pronto-Socorros Municipais, Centro de Assistência Integral a Saúde da Mulher CAISM – UNICAMP, Pronto – Socorro Infantil da HC – UNICAMP, Serviço de Atendimento Municipal de Urgência SAMU, Centros de apoio Psicosociais – CAPS, Centro de referência de DST/AIDS.

Entenda melhor o programa.