Home  >>  Boas Práticas  >>  Em Maringá, detentos trabalham na produção de materiais didáticos para pessoas com deficiência

Boas Práticas

Em Maringá, detentos trabalham na produção de materiais didáticos para pessoas com deficiência

O que é a Boa Prática?

O programa “Visão de Liberdade” busca a recuperação e reintegração social de detentos por meio do trabalho em benefício de deficientes visuais, com a produção de materiais didáticos específicos para a inclusão de pessoas com deficiência visual.

Onde ocorreu?

A Boa Prática ocorreu no município de Maringá/PA.

Por que?

Após perceber que os presos precisavam de atividades que garantisse sua reintegração e que o município possuía população com deficiência visual, foram realizadas parceria entre diversas secretarias e instituições para a produção pelos presos de livros em “Braille”, material pedagógico em Relevo e “Livros Falados” que são distribuídos em escolas da rede pública de 123 municípios atendidos pelo Centro de Apoio Pedagógico às Pessoas com deficiência Visual (CAP).

O programa atende diretamente 454 alunos dos ensinos fundamental e médio. Desde a implantação já foram confeccionados cerca de 60 mil unidades de material:

  • 58,5 mil trabalhos didáticos em relevo
  • 379 livros e 48 apostilas em braile
  • 118 livros e 16 apostilas faladas, com 150 cópias cada;

O material confeccionado é distribuído para 119 municípios atendidos pelo CAP e já foram encaminhados para 104 entidades em 25 estados do Brasil, além de ter sido encaminhado para a Biblioteca Nacional de Lisboa/Portugal.

Clique aqui e leia na íntegra.