Home  >>  Boas Práticas  >>  Cultura  >>  Projeto Estratégico Rota das Grutas de Lund reaviva turismo e promove o desenvolvimento regional

Cultura

Projeto Estratégico Rota das Grutas de Lund reaviva turismo e promove o desenvolvimento regional

On fevereiro 11, 2016, Posted by , In Cultura, By ,,,, , With No Comments

O que é a pratica?
Promover o desenvolvimento regional por meio do turismo, através da estruturação de um roteiro turístico nacional e internacional, pautado em elementos naturais e culturais da região cárstica de Minas Gerais, ligada diretamente à passagem do naturalista Peter W. Lund pela região. A execução de tal projeto terá um impacto direto no desenvolvimento econômico da região das Grutas por meio do turismo, possibilitando a geração de trabalho e renda para a comunidade local, contribuindo também para a conservação ambiental e proteção das riquezas culturais e as tradicionais da região.

Quando ocorreu?
O início da execução foi em 2012.

Onde Ocorreu?
Administração Pública Estadual de Minas Gerais

Porque?
A promoção desta estruturação pelo Estado teve como catalisador o processo de ocupação e exploração do vetor norte da RMBH, intensificado pelos investimentos estaduais na Linha Verde, na Cidade Administrativa e no Aeroporto Industrial. Assim, reforçou-se a necessidade de proteger o patrimônio natural da região, que envolve Área de Proteção Ambiental – APA Carste de Lagoa Santa. A SEMAD/MG e o Instituto Estadual de Florestas – IEF, portanto, capitanearam o então projeto Linha Lund, providenciando os projetos arquitetônicos e de engenharia, bem como a regularização fundiária das unidades e elaboração dos planos de manejo espeleológicos. Ocorre que não se tratava simplesmente adicionar unidades de conservação ao sistema de áreas protegidas do Estado. Cada uma destas três áreas abriga uma das mais importantes e visitadas grutas nacionais – Gruta da Lapinha, no Parque Estadual do Sumidouro, a Gruta Rei do Mato, no Monumento Natural Estadual de mesmo nome, e a Gruta de Maquiné, no Monumento Natural Estadual Peter Lund.

Consiste, portanto, em uma região de alta relevância científica, considerando o seu patrimônio natural, porém também se destaca nos aspectos histórico-culturais devido aos achados fósseis pré-históricos e a monumentos da época da colonização mineira. Além de ser naturalmente, mesmo que ainda sem grande estrutura, um importante atrativo turístico do Estado. Diante de tamanha riqueza e complexidade de fatores a serem trabalhados, IEF e SEMAD/MG compartilharam seus planos e avanços com outras Secretarias de Estado cuja área de atuação estaria intimamente ligada, como Secretaria de Estado de Cultura, a Secretaria de Estado de Turismo, a Secretaria de Estado de Educação, a Secretaria de Estado de Obras Públicas, a Secretaria de Estado de Ciência e Tecnologia e a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional e Política Urbana.

Clique aqui e leia mais.